RPER N.º 12

Os Processos Territoriais de Inovação: a Abordagem
dos Sistemas de Inovação e a Perspectiva Transfronteiriça.


Resumo:

A competitividade dos territórios depende de um forte empenho em termos de inovação, o que requer um consistente sistema de inovação nacional mas também regional e local.

A capacidade de inovação das regiões de fronteira, em particular da Raia Central Ibérica, com uma realidade económica de espaço periférico e de industrialização difusa, poderia passar pela organização do Sistema de Inovação numa perspectiva transfronteiriça. Assim, o objectivo deste artigo é caracterizar o sistema de inovação dos dois lados da fronteira da Raia Central Ibérica e investigar do funcionamento do sistema de inovação transfronteiriço, iniciando-se com a identificação dos principais actores territorialmente integrados e enraizados na região e que em interacção poderiam criar sinergias regionais e um maior aproveitamento das potencialidades locais.

Palavras-chave: Inovação, Sistemas de Inovação, Competitividade Territorial


Voltar