RPER N.º 12

Eficiência Técnica dos Hospitais Portugueses 1997-2004:
uma Análise (Regional) com Base num Modelo de Fronteira Estocástica.


Resumo:

Este estudo estima um modelo de fronteira estocástica à la Battese e Coelli (1992, 1995) para explicar a função custo variável de um conjunto de 51 hospitais Portugueses para o período 1997-2004. Os resultados obtidos têm forte valor estatístico e interessante significado económico.

Entre os diversos resultados inovadores do estudo, de referir que os hospitais SA/EPE e os hospitais com sistemas de gestão de qualidade certificada apresentam custos variáveis superiores aos demais. De referir, ainda, que variáveis de índole regional, como a população da cidade e a região onde se situa o hospital, explicam cerca de 60% da eficiência técnica hospitalar estimada. Estes resultados têm importantes implicações políticas para as questões de localização e concentração dos hospitais Portugueses.


Palavras-chave: Eficiência técnica hospitalar; Modelo de fronteira estocástica; Análise regional


Voltar