RPER N.º 15

Redes Culturais e Desenvolvimento Local:
a Experiência da Comum.


Resumo:

Cooperação interinstitucional, parcerias e redes são palavras-chave cada vez mais presentes nas dinâmicas de desenvolvimento de qualquer território ou sector de actividade. A cultura não foge a este quadro, embora não abundem exemplos de Redes Culturais em Portugal.

Num âmbito mais regional e local, surgem as chamadas Redes de Programação Cultural, sendo a COMUM – Rede Cultural um dos poucos casos. Este trabalho debruça-se sobre a análise qualitativa de benefícios económicos e sociais resultantes da criação e consolidação da COMUM.

Em termos de desenvolvimento económico, esta avaliação permitiu concluir por um efeito positivo sobre (a) o reforço da identidade e história colectiva da região, (b) a formação cultural individual, (c) a sociabilidade e (d) a formação de novos públicos, dentro de uma óptica de transferência de benefícios inter-geracionais e de um aproveitamento de infra-estruturas culturais locais.


Palavras-chave: Parcerias, cooperação interinstitucional, gestão cultural, estudo de caso


Voltar