RPER N.º 17

A Spatial Viewpoint on Fertility by Regions in Portugal

Resumo:

Em termos gerais, Portugal caracteriza-se por um forte declínio na natalidade, sendo este um fenómeno que requer uma análise que sirva de base a uma intervenção, certamente necessária, dados os custos associados àquele fenómeno. Não obstante aquela tendência a nível nacional, uma observação dos dados suficientemente desagregada do ponto de vista regional permite verificar que, em determinadas regiões, o problema da baixa natalidade parece ser (bem) menos grave do que noutras, onde a desertificação humana parece eminente. Tendo em conta este contexto, o objectivo deste trabalho consiste em determinar, através de técnicas de econometria espacial, as variáveis determinantes das taxas de fecundidade nas regiões (concelhos) de Portugal continental. Mostra-se que a própria estrutura demográfica, os factores relacionados com a saúde assim como as condições económicas são importantes na explicação das diferenças nas taxas de fecundidade que se podem observar ao longo do território de Portugal continental.


Palavras-chave: Demografia Regional; Econometria Espacial; Fecundidade; Portugal.

Códigos JEL: C50, J11, R11


Voltar