RPER N.º 20

Avaliação da Regeneração da Paisagem após Incêndio
de 2004 na Serra do Caldeirão.


Resumo:

A Serra do Caldeirão localiza-se no Sul de Portugal Continental. Apresenta um elevado valor económico e ecológico. Foi sujeita a intensa degradação de solo no último século. Recentemente foi também sujeita a fogos intensos florestais.

No presente estudo foi avaliada a regeneração de uma área ardida em 2004. Caracterizaram-se os factores intrínsecos à paisagem, os factores antrópicos presentes, e a regeneração da vegetação, um ano e meio após o fogo. Foram identificadas conexões com a exposição solar e nível de degradação do sistema. Por regra, os sistemas mais maduros e diversificados apresentaram uma recuperação mais rápida e evidente. Os sistemas com maior exposição a factores de stress, ou já empobrecidos apresentaram alguma dificuldade de regeneração. Apesar da resiliência do sobreiral, a sua capacidade de regeneração pode estar comprometida, caso se verifiquem as tendências associadas ao aquecimento global.


Palavras-chave: Fogo, regeneração, paisagem, sobreiral, Serra do Caldeirão


Códigos JEL: Q5



Voltar