RPER N.º 23

The Portuguese Manufacturing Industry (1996-2004):
Which Capacity for Structural Changes?


Resumo:

As decisões de investimento das empresas, quer em investimento físico ou tangível, quer em intangíveis ou capital humano, constituem importantes determinantes do padrão estrutural. Neste contexto, o nosso objectivo consiste em avaliar a habilidade desenvolvida pelas empresas da indústria transformadora Portuguesa, para promover as necessárias alterações no padrão de especialização. Como os investimentos intangíveis são, por natureza, de difícil medição e avaliação, utilizámos taxonomias WIFO aplicadas à indústria transformadora, as quais nos permitem reduzir essa intangibilidade em análises quantitativas. Sem grandes alterações durante o período analisado, os resultados apontam para uma especialização em indústrias intensivas em trabalho e reduzidas competências, o que, sendo revelador de uma reduzida capacidade de adaptação, pode afectar o processo competitivo no seio de um mercado alargado.

Palavras-chave: adaptabilidade, competitividade, decisões de investimento, alteração estrutural, padrão de especialização.


Códigos JEL: L60


Voltar