RPER N.º 29

Desigualdades de género nos salários e na produtividade na indústria do turismo em Portugal

Resumo:

O objectivo deste trabalho é fornecer evidência empírica sobre os determinantes da desigualdade salarial entre géneros na indústria portuguesa do turismo. Com base nas equações salariais e nas funções de produção estimadas ao nível da empresa, as diferenças salariais e de produtividade entre homens e mulheres são estimadas e comparadas de modo a inferir se as disparidades salariais observadas são justificáveis pelo facto das mulheres serem relativamente menos produtivos do que os homens, ou se as disparidades são atribuíveis à discriminação salarial. Este método é aplicado aos dados da indústria do turismo incluídos nos Quadros de Pessoal. As principais conclusões indicam que as mulheres na indústria do turismo em Portugal são menos produtivas do que os homens e se as diferenças salariais são totalmente explicadas por diferenças na produtividade.

Palavras-chave: género, produtividade, turismo, função de produção, discriminação salarial, gap salarial.

Códigos JEL: J24, J31, J71, L83




Voltar