RPER N.º 30

Impactes sócio-culturais do turismo em destinos urbanos

Resumo:

Os residentes são importantes stakeholders da actividade turística influenciando o processo de desenvolvimento dos destinos turísticos. Por sua vez, as áreas urbanas são importantes centros de turismo cultural, onde os residentes desempenham um papel crucial no desenvolvimento turístico. A literatura revela que quando os residentes percepcionam os benefícios do turismo desenvolvem atitudes favoráveis em relação ao turismo que se poderão traduzir num maior nível de interacção com os visitantes. Um maior nível de interacção entre residentes e visitantes poderá ter um impacte positivo ao nível da satisfação e fidelização dos visitantes aos destinos. Apesar da relevância desta temática poucos estudos têm sido desenvolvidos para analisar a interacção residente-visitante e os factores que influenciam essa interacção. Pretende-se neste artigo analisar o nível de interacção entre residentes e visitantes em destinos urbanos e analisar os factores que influenciam essa interacção, dando especial relevância à percepção dos residentes dos impactes sócio-culturais do turismo. Para concretizar estes objectivos foi administrado um questionário aos residentes da cidade de Aveiro, tendo sido obtidos 570 questionários, e foram realizadas várias análises estatísticas, nomeadamente Análise de Componentes Principais, Análise de Correlações e Análise de Regressão Linear Múltipla. Os resultados obtidos evidenciam que o nível de interacção residente-visitante na cidade de Aveiro ainda não é muito elevado. A percepção dos benefícios sócio-culturais do turismo emerge como o factor que tem maior impacte positivo no nível de interacção entre residentes e visitantes. Com base nos resultados obtidos apresenta-se um conjunto de orientações que os responsáveis pelo desenvolvimento dos destinos deverão ter em consideração para promoverem o desenvolvimento sustentável destes destinos.

Palavras-chave: interacção residente-visitante, destinos turísticos urbanos, impactes sócio-culturais, desenvolvimento de destinos turísticos

Códigos JEL: R11, O29 e Z13


Voltar