RPER N.º 33

Medição e Modelização da Atividade de Países e Regiões com Matrizes de Contabilidade Social

Resumo:

A Matriz de Contabilidade Social (SAM) é apresentada como uma ferramenta para medir e modelizar a atividade de países e regiões. A abordagem baseada na SAM para o estudo de tal atividade possibilita a sua descrição tanto empírica como teórica através de versões numéricas e algébricas dessa mesma matriz. Esta abordagem é apresentada usando a terminologia dos seus mentores – Richard Stone e Graham Pyatt. Com base em aplicações a Portugal e aos Açores, é enfatizada a importância da consistência com as contas nacionais e regionais na tarefa de medição e modelização da atividade de países e regiões com SAM. Tais aplicações baseiam-se, por um lado, em SAM para os Açores e para Portugal, com a mesma estrutura e características idênticas, construídas para servir de base a um modelo de equilíbrio geral calculável (CGE) e, por outro, numa SAM para Portugal, objeto de investigação da autora, construída a partir da abordagem baseada na SAM acima referida. É também defendida a posição de que tal tarefa poderá ser melhor sucedida se abarcar toda a parte medida pelas contas nacionais e regionais, as quais deverão ser consideradas fontes de informação de base. A comparação de tais aplicações permite sublinhar a importância do trabalho com setores institucionais, a par dos setores de atividade, bem como a parte relativa à distribuição secundária do rendimento, a par da distribuição primária do rendimento. Nesse contexto, são identificados os riscos da não-consideração de interações importantes na atividade dos países e regiões, bem como de enviesamentos na análise de resultados.

Palavras-chave: Bases de Dados para Modelos; Contas Nacionais; Contas Regionais; Matriz de Contabilidade Social

JEL Codes: C82, E01, R13


Voltar