RPER N.º 36

Análise das Redes de Stakeholders e Qualidade de Relacionamento em Turismo: O Caso do Parque Nacional Peneda Gerês

Resumo:

Este artigo reúne contributos de três importantes teorias no âmbito da gestão estratégica, a saber: a teoria dos stakeholders, a teoria de redes e a teoria da qualidade do relacionamento. Pretende examinar como podem ser desenvolvidas políticas de turismo viáveis no PNPG considerando as redes de atores ligados ao turismo, analisando especificamente a qualidade do relacionamento (confiança, compromisso e cooperação). Tendo em conta esta perspetiva, este artigo analisa a estrutura, a natureza e a composição das interações entre os stakeholders do PNPG com recurso à metodologia de redes sociais, combinando técnicas qualitativas e quantitativas. Acresce ainda que o estudo classifica os stakeholders de acordo com o modelo de "saliência dos stakeholders", ilustrando a qualidade do relacionamento entre stakeholders, o seu posicionamento numa estrutura complexa de relacionamentos, informando sobre as interações ocorridas e fornecendo possíveis orientações para minimizar eventuais restrições inerentes ├ás redes sociais.

Palavras-chave: Atores, Redes, Relacionamentos, Stakeholders, Turismo

Códigos JEL: L83.



Voltar